Saiba como fazer a inspeção de caldeiras de acordo com a NR-13

16 set, 2021 | Caldeiras | 0 Comentários

As caldeiras são equipamentos geradores de vapor amplamente utilizadas em muitos processos industriais, tais como frigoríficos, madeireiras, indústria de laticínios e termelétricas. Mas para manter a integridade deste equipamento, a inspeção de caldeiras é essencial, exigida por meio da NR-13.

Cabe à NR-13 estabelecer requisitos mínimos que permitam uma melhor gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação, principalmente nos aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção.

Assim, sem dúvidas, a NR-13 é um dos melhores guias para que a inspeção de caldeiras seja a mais eficiente possível e garanta mais segurança na operação deste tipo de equipamento. 

Baseado nisso, convidamos você a entender quais são os pontos relacionados à inspeção de caldeiras que devem ser considerados segundo a NR-13.

 

NR-13: A norma regulamentadora de caldeiras e vasos de pressão

Instituída pelo Ministério do Trabalho pela Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, a Norma Regulamentadora 13 (NR-13) representa uma norma específica que trata sobre Caldeiras, Vasos de Pressão, Tubulações e Tanques Metálicos de Armazenamento.

Cabe a essa norma estabelecer requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação, exclusivamente para os aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção, visando à segurança de operação e à saúde dos trabalhadores.

Dessa forma, o objetivo desta NR é criar a adequação necessária, estabelecendo normas com força de lei, visando a proteção do trabalhador mantido em atividade com tais equipamentos.

Dentre os vários requisitos presentes na NR-13 que garantem a gestão da integridade estrutural dos equipamentos, a qualidade da inspeção apresenta importância significativa, como veremos a seguir.

 

Inspeção de caldeiras: um dos requisitos mais importantes da NR-13

Parte importante da NR-13, a Inspeção de caldeiras tem como principal objetivo estabelecer parâmetros e condicionar a inspeção de segurança e a operação de equipamentos como vasos de pressão, caldeiras e tubulações.

Segundo essa norma, a inspeção, feita especificamente por um engenheiro mecânico, deve verificar se o projeto se enquadra dentro das regras estabelecidas. Esse procedimento deve ser realizado de forma recorrente, com sua periodicidade variando conforme o tipo de caldeira.

Abaixo são apresentados os prazos para verificação:

  1. 12 meses para caldeiras das categorias “A”, “B” e “C”.
  2. 12 meses para caldeiras de recuperação de álcalis de qualquer categoria;
  3. 24 meses para caldeiras da categoria “A”, desde que aos 12 meses sejam testadas as pressões de abertura das válvulas de segurança;
  4. 40 meses para caldeiras especiais conforme definido no item 13.5.5.

A inspeção de segurança inicial deve ser feita em caldeiras novas, antes da entrada em funcionamento, no local de operação, devendo compreender exame interno, seguido de teste de estanqueidade e exame externo.

Além disso, a inspeção de caldeira é classificada em segurança inicial, periódica e extraordinária, sendo considerado condição de risco grave e iminente o não atendimento aos prazos estabelecidos.

 

Como funciona a Inspeção de caldeiras segundo a NR-13?

A Inspeção NR-13 envolve muitas verificações e testes responsáveis por permitir um funcionamento mais seguro de caldeiras, vasos de pressão, trocadores de calor e tubulações. Exatamente por isso, há a exigência de um planejamento de manutenção muito bem executado.

Entre os testes tem-se:

  • Calibração dos instrumentos e controles das caldeiras, com manutenção das suas condições operacionais;
  • Teste Hidrostático (TH) em sua fase de fabricação, com comprovação por meio de laudo assinado por PH, e ter o valor da pressão de teste afixado em sua placa de identificação;
  • Inspeção de ultrassom e líquido penetrante para verificar possíveis rupturas, fissuras e trinca

Já as válvulas de segurança instaladas nas caldeiras devem ser inspecionadas periodicamente conforme segue:

  1. Pelo menos 1 (uma) vez por mês, mediante acionamento manual da alavanca, em operação, para caldeiras das categorias B e C, excluídas as caldeiras que vaporizam fluido térmico e as que trabalham com água tratada;
  2. As válvulas flangeadas ou roscadas devem ser desmontadas, inspecionadas e testadas em bancada, e, no caso de válvulas soldadas, feito o mesmo no campo, com uma frequência compatível com o histórico operacional das mesmas.

Por fim, é importante citar que após a há a inspeção, são gerados documentos que comprovam a realização da inspeção, comprovando que as máquinas estão em condições de operar em condições de maior segurança.

 

Para saber mais sobre segurança, operação e inspeção de caldeiras convidamos você a conferir o blog da Biocal Burntech.

[Contato] Quer ter a melhor caldeira do Brasil? Clique aqui e entre em contato! | Entre em contato| Burntech

5/5 - (3 votes)

Compartilhe esse post!

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Caldeira aquatubular na geração energética

Caldeira aquatubular na geração energética: entenda a importância

De grande importância na transição da matriz energética brasileira, as termelétricas são caracterizadas por gerar grandes demandas de vapor. Assim, são a segunda maior geradora de energia do país. Para isso, muitos projetos optam pela caldeira aquatubular. As...
ASME

Normas ASME em caldeiras: garantindo segurança e eficiência

Para total qualidade e eficiência, caldeiras e vasos de pressão devem possuir uma estrutura de engenharia muito bem elaborada, evitando que, em operação, elas enfrentem falhas simples e até acidentes de maior gravidade. A norma que proporciona isso é a ASME....
Limpeza de caldeiras

Manutenção periódica e limpeza de caldeiras: saiba quando e como fazer

De acordo com dados extraídos do banco de dados da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) e citados neste relatório, entre 2016 e 2020, foram registrados 9.347 acidentes de trabalho relacionados a caldeiras e vasos de pressão no Brasil, resultando em 49 óbitos. Por...
Caldeira na indústria farmacêutica

Caldeira na indústria farmacêutica: conheça a importância

A caldeira é um essencial para a geração de vapor em muitas indústrias, desde a alimentícia até a de petróleo. Mas você sabia que a indústria farmacêutica também depende dela? Nesse segmento, o vapor faz parte de atividades desde o aquecimento até a esterilização de...
Eficiência energética da caldeira a biomassa

6 dicas para aumentar a eficiência energética da caldeira a biomassa

O uso da caldeira a biomassa é, na atualidade, uma opção ideal para muitas indústrias, principalmente pelo custo-benefício e pela sustentabilidade oferecida.  No entanto, é preciso garantir que essas caldeiras tenham a maior eficiência energética possível, a fim de...
Melhor caldeira industrial

Saiba qual é a melhor caldeira industrial para o seu negócio

A eficiência energética é extremamente importante para o sucesso das indústrias. Independente do ramo de atuação, a energia faz parte do processo produtivo. Para gerá-la, é comum utilizar uma caldeira industrial. A caldeira industrial é um equipamento necessário em...
Sistema de vapor

Geração de vapor: como funciona um sistema de vapor industrial?

O “coração” do sistema de vapor industrial é o gerador de vapor. Ele usa uma fonte de calor para ferver a água e convertê-la em vapor. Consequentemente, a energia contida no vapor atua em uma ampla gama de aplicações industriais. Por meio de um sistema de vapor, irá...
Geração de vapor para processos industriais: entenda a importância

Geração de vapor para processos industriais: entenda a importância

Nos mais variados processos industriais, a geração de vapor é uma das necessidades mais relevantes por permitir a realização de procedimentos essenciais para a maioria dos segmentos. A energia contida no vapor é fundamental em uma ampla gama de aplicações industriais,...
Caldeira para laticínio

Caldeira para laticínio: entenda a importância para o segmento

A indústria de laticínios produz alimentos à base de leite, como queijos, iogurte e requeijão. Para a realização dos processos, utilizam a caldeira para laticínio. Esse equipamento é fundamental para a produção de calor, muito utilizado para a criação de múltiplos...
Caldeira industrial

Caldeira Industrial: saiba como escolher o modelo ideal

Essencial em diferentes tipos de processos industriais, a caldeira industrial tem a função de produzir e acumular vapor sob elevadas pressões, utilizando a queima de combustíveis, como óleos e a biomassa. Por sua ampla utilidade, há diferentes tipos de caldeiras que...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *