O que pode ser queimado em caldeiras à biomassa?

21 jun, 2021 | Caldeiras | 2 Comentários

A sociedade atual vive em um momento em que a exigência por sustentabilidade em atividades industriais está no mesmo patamar da produtividade. O interessante é que parte dessa sustentabilidade vem sendo conseguida por meio do uso de caldeiras à biomassa.

No Brasil, elas representam uma importante oportunidade na geração energética e permitem que esse processo seja realizado de uma forma sustentável em aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Baseando nisso, entenda a importância desse tipo de combustível mais sustentável e saiba quais são os materiais que podem ser queimados no equipamento.

 

Por que a biomassa é um excelente combustível para caldeiras?

Os benefícios relacionados ao uso da biomassa como fonte de energia são diversos. Além de ser um recurso renovável, gera baixas quantidades de poluentes e favorece o reaproveitamento de recursos de diversos processos. Já o transporte, é fácil e possui baixo custo de operação e aquisição.

Além disso, as emissões não contribuem para o efeito estufa, além de serem menos agressivas ao meio ambiente quando em comparação aos combustíveis fósseis.

Dessa forma, quando utilizadas em caldeiras, as vantagens da biomassa como combustível são:

  • Muito baixa emissão de dióxido de enxofre que é um poluente agressivo ao meio ambiente, reduzindo riscos ambientais;
  • Tem características renováveis;
  • Oferece maior eficiência energética;
  • Causa menor corrosão às caldeiras;
  • Proporciona o reaproveitamento dos resíduos de variados processos, impedindo que estes tenham destinos não corretos.

 

Principais tipos de combustíveis para uso em caldeiras à biomassa?

Muitos são os tipos de matérias-primas que podem ser utilizados para a geração de energia em caldeiras à biomassa. Inclusive, o Brasil tem um dos maiores potenciais para fins de aproveitamento energético da biomassa.

Entre esses tipos, pode-se citar os mais tradicionais como a biomassa florestal e a biomassa agrícola, cujos representantes são:

  • Biomassa florestal: florestas plantadas, seus derivados e resíduos (florestas energéticas). Tem como principal fonte de energia a lenha;
  • Biomassa agrícola: representada pelos diversos resíduos da agricultura, decorrentes das produções de soja, arroz, cana-de-açúcar, milho e outros;

Vale elencar algumas outras opções de combustíveis para caldeiras à biomassa, que vem ganhando importância:

 

Resíduos florestais

Estes resíduos são representados por materiais lenhosos, toras, cavacos e cascas. Apresentam baixo custo de aquisição e são considerados renováveis. Vale ressaltar que, nos últimos anos, o reflorestamento tem se tornado uma alternativa bastante viável, com as florestas plantadas gerando matéria-prima para a geração de energia.

Dentre os resíduos florestais, o eucalipto é um produto energético renovável de altíssima eficiência para uso em caldeiras à biomassa. A produção pode chegar a 25 toneladas de biomassa por hectare em um ano, tornando-se de uma opção altamente produtiva e vantajosa.   

 

Casca de arroz

Por meio de alguns processos industriais, os resíduos do beneficiamento do arroz (cascas) são transformados em partículas minúsculas que possuem elevado poder calorífico. A casca de arroz conta com uma rápida combustão, o que a torna uma excelente opção de combustível para caldeiras à biomassa.

Caldeiras à biomassa - Casca de arroz

Casca de Coco Verde

Normalmente descartadas, as cascas de coco verde podem ser trituradas e transformadas em briquetes, substituindo o uso da lenha em processos de combustão nas caldeiras à biomassa. Esse produto apresenta um excelente poder calorífico.

Caldeiras à biomassa - Casca de coco verde

 

Biogás

O biogás é um produto inflamável produzido pela mistura de dióxido de carbono e metano através de bactérias fermentadoras em matérias orgânicas. Essa é uma fonte energética renovável e altamente eficiente, a ponto de substituir outras opções que não podem ser renovadas, caso do gás natural.

Caldeiras à biomassa - biogás

As matérias-primas são de origem orgânica e aproveitam materiais como palhas, esterco, bagaço de vegetais e, até mesmo, o lixo.

Além disso, é importante ressaltar que a constante evolução das caldeiras à biomassa vem ajudando a melhorar a gama e a eficiência da queima destes combustíveis, resultando na máxima eficiência ecológica e produtiva.

Para saber mais sobre caldeiras à biomassa e demais características sobre esses equipamentos, confira o blog da Biocal Burntech

[Contato] Quer ter a melhor caldeira do Brasil? Clique aqui e entre em contato! | Entre em contato| Burntech

5/5 - (3 votes)

Compartilhe esse post!

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Caldeira aquatubular na geração energética

Caldeira aquatubular na geração energética: entenda a importância

De grande importância na transição da matriz energética brasileira, as termelétricas são caracterizadas por gerar grandes demandas de vapor. Assim, são a segunda maior geradora de energia do país. Para isso, muitos projetos optam pela caldeira aquatubular. As...
ASME

Normas ASME em caldeiras: garantindo segurança e eficiência

Para total qualidade e eficiência, caldeiras e vasos de pressão devem possuir uma estrutura de engenharia muito bem elaborada, evitando que, em operação, elas enfrentem falhas simples e até acidentes de maior gravidade. A norma que proporciona isso é a ASME....
Limpeza de caldeiras

Manutenção periódica e limpeza de caldeiras: saiba quando e como fazer

De acordo com dados extraídos do banco de dados da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) e citados neste relatório, entre 2016 e 2020, foram registrados 9.347 acidentes de trabalho relacionados a caldeiras e vasos de pressão no Brasil, resultando em 49 óbitos. Por...
Caldeira na indústria farmacêutica

Caldeira na indústria farmacêutica: conheça a importância

A caldeira é um essencial para a geração de vapor em muitas indústrias, desde a alimentícia até a de petróleo. Mas você sabia que a indústria farmacêutica também depende dela? Nesse segmento, o vapor faz parte de atividades desde o aquecimento até a esterilização de...
Eficiência energética da caldeira a biomassa

6 dicas para aumentar a eficiência energética da caldeira a biomassa

O uso da caldeira a biomassa é, na atualidade, uma opção ideal para muitas indústrias, principalmente pelo custo-benefício e pela sustentabilidade oferecida.  No entanto, é preciso garantir que essas caldeiras tenham a maior eficiência energética possível, a fim de...
Melhor caldeira industrial

Saiba qual é a melhor caldeira industrial para o seu negócio

A eficiência energética é extremamente importante para o sucesso das indústrias. Independente do ramo de atuação, a energia faz parte do processo produtivo. Para gerá-la, é comum utilizar uma caldeira industrial. A caldeira industrial é um equipamento necessário em...
Sistema de vapor

Geração de vapor: como funciona um sistema de vapor industrial?

O “coração” do sistema de vapor industrial é o gerador de vapor. Ele usa uma fonte de calor para ferver a água e convertê-la em vapor. Consequentemente, a energia contida no vapor atua em uma ampla gama de aplicações industriais. Por meio de um sistema de vapor, irá...
Geração de vapor para processos industriais: entenda a importância

Geração de vapor para processos industriais: entenda a importância

Nos mais variados processos industriais, a geração de vapor é uma das necessidades mais relevantes por permitir a realização de procedimentos essenciais para a maioria dos segmentos. A energia contida no vapor é fundamental em uma ampla gama de aplicações industriais,...
Caldeira para laticínio

Caldeira para laticínio: entenda a importância para o segmento

A indústria de laticínios produz alimentos à base de leite, como queijos, iogurte e requeijão. Para a realização dos processos, utilizam a caldeira para laticínio. Esse equipamento é fundamental para a produção de calor, muito utilizado para a criação de múltiplos...
Caldeira industrial

Caldeira Industrial: saiba como escolher o modelo ideal

Essencial em diferentes tipos de processos industriais, a caldeira industrial tem a função de produzir e acumular vapor sob elevadas pressões, utilizando a queima de combustíveis, como óleos e a biomassa. Por sua ampla utilidade, há diferentes tipos de caldeiras que...

2 Comentários

  1. Gerson Marques

    Bom dia! se eu queimar cavaco de seringueira nas caldeiras , tem algum impacto negativo?

    Responder
    • Burntech

      Olá, Gerson. Tudo certo? Agradecemos seu comentário! Para saber mais sobre o uso da biomassa em caldeiras, você pode acessar nosso eBook sobre eficiência energética em caldeiras. Ele contém uma tabela com informações sobre os diferentes tipos e seu desempenho na caldeira. Para ler, clique aqui!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *